R. Conceição de Monte Alegre, 198 - 10 andar - Conj. 101

Brooklin Paulista, São Paulo - SP, 04563-060

11 5096-2850

contato@ittoconsulting.com

RESPONSABILIDADE SOCIAL

  • LinkedIn ITtO Consulting
  • Instagram ITtO Consulting
  • Facebook ITtO Consulting
  • YouTube ITtO Consulting

ITtO Consulting © 2019. All Rights Reserved.

RFP: Aspectos importantes na contratação de fornecedores de viagens

25 Jul 2017

A contratação de fornecedores de serviços e ferramentas de tecnologia é um processo delicado que deve ser conduzido com atenção nas corporações.

 

Quando falamos especificamente sobre produtos e serviços para a gestão de viagens, esse cuidado deve ser ainda maior, visto que este assunto envolve praticamente todas as áreas da empresa, como a própria gestão do contrato por Compras, o bem-estar dos funcionários pelo RH, estudo de viabilidade econômica e integração aos processos contábeis e financeiros por Finanças, integração e manutenção dos sistemas e segurança da informação por TI e a conformidade com as regulamentações e políticas internas da empresa.

 

Por outro lado, as corporações estão cada vez mais exigentes e hoje em dia não basta contratar agências de viagens e seguir suas recomendações de processos, ferramentas e soluções. Para obter o melhor custo x benefício as empresas precisam especificar muito bem o que querem, desde como deverão ser formatados os relatórios até quais ferramentas, integrações e processos os fornecedores deverão utilizar para melhor atender às necessidades da organização, mesmo porque quem garante que um único fornecedor irá suprir todas as necessidades da empresa?

 

É comum as empresas solicitarem propostas aos seus fornecedores através de um edital conhecido como RFP (Request For Proposal) e neste momento recomenda-se contar com o apoio de empresas especializadas em revisão de processos e assessoria durante todo o processo de definição do escopo, seleção e avaliação de fornecedores e ferramentas. Dentre os benefícios que podem ser obtidos com este tipo de assessoria, podemos citar:

 

  • Gestão do processo e documentação da RFP por parte da consultoria, evitando impactos nas atividades do dia a dia, envolvendo a empresa apenas durante as validações.

 

  • Estudo de potencial de economia em: condições comerciais, aplicação de fee, conciliação de faturas, reutilização de bilhetes não voados e automação de processos.

 

  • Maior aderência aos processos e políticas da empresa com a utilização dos sistemas e soluções mais adequados, facilitando a gestão das viagens e contratos.

 

Caso queira discutir este assunto em detalhes, entre em contato com a ITtO Consulting!

 

Um abraço e até o próximo post!

Tags:

Compartilhe
Compartilhe
Please reload

Posts Em Destaque

Quando investir em serviços de TI?

7 Dec 2017

1/2
Please reload

Posts Recentes